21Jan.

O que fazer se o meu filho não comer bem

O que fazer se o meu filho não comer bem? É a dúvida de muitos pais perante um problema que dá dores de cabeça a muitas famílias. A Bonduelle dá-lhe alguns truques para tentar aliviar este problema.

o-que-fazer-se-o-meu-filho-nao-comer-bem

A fome é uma resposta normal ao desgaste do nosso organismo. O primeiro que devemos ter em consideração é que cada criança tem as suas próprias necessidades fisiológicas e, assim, devemos adaptar os alimentos às suas características particulares.

Pode acontecer, em qualquer caso, que a criança perca o apetite, seja devido a uma doença física ou psíquica, devido a maus hábitos, etcétera. Podemos começar a preocupar-nos com a falta de apetite quando não se tratar de uma circunstância pontual mas de um hábito e virmos que afecta a saúde do nosso filho (aspecto físico, cansaço excessivo…).

Não devemos pensar que o facto de os nossos filhos não comerem tanto como queremos ou não comerem tanto como antes é um problema; às vezes tentamos dar-lhes mais comida da recomendada para a sua idade. Um erro habitual é permitir que a criança coma qualquer coisa “para comer alguma coisa”, quando na altura das refeições não come correctamente. O ideal é que a criança siga rotinas mais ou menos estabelecidas relativamente às horas.

Alguns truques são:

  • Disponibilizar um ambiente adequado para que a criança coma. Como, por exemplo, comer em família a horas certas.
  • Oferecer pequenas quantidades de alimentos várias vezes por dia.
  • Usar pratos grandes para parecer que há menos comida e combinar o primeiro e o segundo prato num só.
  • Evitar que a criança beba muito líquido na refeição para não se encher de líquidos.
  • Estimular o apetite mediante exercício físico ou desporto. As crianças que consomem mais energia costumam ter mais fome.
  • Incluir os alimentos que queremos que comam em sopas, purés, cremes ou massa: legumes, presunto, queijo, etc.