20Jan.

Porque é que a água é importante para as crianças?

A água é essencial para a saúde das crianças. Hoje a Bonduelle quer contar-lhes porque é que a água é tão importante para as crianças e em que é que se repercute na sua saúde. Tomem nota!

porque-e-que-a-agua-e-importante-para-as-criancas

O corpo da criança é aproximadamente 80% água, ao passo que o do adulto é de cerca de 65%. Assim, as crianças requerem uma maior reposição hídrica. Estima-se que, desde que as crianças têm 1 ano até aos 10, seja conveniente beber um litro e meio diário (de 4 a 6 copos), e dois litros entre os 11 e os 18 anos (de 6 a 8 copos).

Através do suor, a urina ou a respiração, os adultos perdem cerca de 2,5 litros de água por dia. O organismo precisa de repor esta perda, tanto nos adultos como nas crianças. Para estarem bem hidratadas, temos de acostumar as crianças a beberem água, e este bom hábito faz parte do processo educativo dirigido ao cuidado do corpo.

Apesar de a desidratação severa ser pouco frequente, a desidratação leve é comum na vida quotidiana, por exemplo nas crianças que são mais sensíveis ao calor ou às perdas de líquidos em diarreias e vómitos.

Além de ser necessária para manter os seus níveis no corpo, porque é que a água é tão importante para as crianças? A água…

  • Ajuda na digestão
  • Previne a obstipação
  • Permite a circulação sanguínea adequada
  • Ajuda a transportar nutrientes e oxigénio para as células
  • Ajuda a regular a temperatura corporal
  • Ajuda a manter o equilíbrio dos electrólitos (sódio)

O ideal é dar água às crianças mesmo que não a peçam (principalmente se virmos que não bebem muita), e costuma ser suficiente quando deixam de beber depois de lha darmos. E, se não gostarem do sabor da água, podemos juntar um pouco de lima ou limão para lhe dar sabor. Não esqueça que os deliciosos legumes são também uma óptima fonte de água. 

Agora já sabe porque é que a água é tão importante para as crianças. Lembramos-lhe que as crianças devem beber mais água quando estiverem doentes, quando estiver calor ou quando estiverem fisicamente activas.