Cenoura

A cenoura é uma planta pela qual se consome a sua raiz, alcançando até um metro de altura. É uma das hortaliças com grande tradição medicinal como todos nós conhecemos, especialmente beneficiosa a nível ocular.

Denominação

 É conhecida com o nome comúm de Cenoura, porém seu nome científico ou em latim é Daucus carota. Pertence a família botânica das Apiaceae, assim como o aipo e a erva-doce.

Origem

A cenoura é uma espécie originária da Ásia central e do Mediterrâneo. Foi cultivada e consumida a séculos pelos gregos e os romanos. Durante os primeiros anos de cultivo, as raizes da cenoura eram de cor violetas, sendo a partir de 1700 quando selecionaram as variedades alaranjadas. Esta cor é devido a grande quantidade de caroteno que possui.

 

Variedades

  • Antares: de forma cilíndrico-cônica, com resistência ao rompimento.
  • Bayon f1: de hoja fuerte.
  • Bolero: cenoura alongada. Recomendada para as colheitas de abril a junho em áreas frias.
  • Diava f1: recomendada para todo o periodo de áreas frias (agosto-janeiro) e principalmente para outubro a novembro em áreas mais cálidas.
  • Maestro: possui uma equilibrada proporção de folha e raiz.
  • Major: variedade tolerante ao frio graças ao seu rebrote tardio.
  • Nandrin: variedade de ciclo médio, de raiz lisa e cilíndrica.
  • Nelson: de folhagem forte, aptas para as primeiras entregas em maço e as produções no verão como colheita principal.
  • Nene: apresenta uma folha forte, raiz lisa e fina e cultiva-se em tierras não muito arenosas.
  • Nippon: de folha forte e raiz longa.
  • Pluto: para o cultivo de fim de primavera e verão, adapta-se a terrenos ligeiros e possuem um ciclo de vegetação rápida.
  • Premia: colheita entre fevereiro e março, e sua colheita localiza-se durante os meses de julio e agosto.
  • Riga f1: recomendada para colheitas de outono.
  • Splendid f1: com terminação muito redonda.
  • Tempo: muito adaptada aos solos arenosos.
  • Tino f1: variedade cilíndrica, reta, lisa e longa. Sua colheita corresponde de agosto a dezembro em áreas temperadas e de fevereiro a julio em áreas frias.
  • 1901 F1: folha forte, escura e erguida, ideal para maço, raiz muito lisa e especialmente indicada para solos muito soltos e férteis.

Qual é seu aspecto?

  • Cor: a cor típica da cenoura é laranja.
  • Forma: de forma alongada.
  • Tamanho: a grossura varía dependendo da variedade de 2 a 4 cm e de altura de 10 a 25 cm.
  • Peso: o peso varía dependendo do tamanho da cenoura, de 40 a 100g.
  • Sabor: tem um sabor suave e ligeiramente doce.

Modo de preparação e uso

  • Crua: a cenoura crua é a melhor forma de ser consumida, pois desta forma suas qualidades nutritivas se conservam melhor. Pode ser consumida crua, inteira, ralada e temperada com limão nas saladas. É utilizada também para fortalecer os dentes das crianças.
  • Cozida: a cenoura cozida combina perfeitamente com outras hortaliças, adquirindo um sabor mais doce quando cozidas. Além disso, seu conteúdo em betacaroteno se mantém intacto depois de cozida.
  • Suco de cenouras: combina muito bem com o suco de maça e de limão, sendo especialmente consumido no verão como bebida refrescante com excelentes qualidades nutritivas.

Quando as podemos encontrar e em que condições?

Atualmente podemos encontrar cenouras em qualquer época do ano, especialmente entre agosto e dezembro, quando estarão na sua melhor qualidade. A cenoura prefere climas temperados para seu desenvolvimento, sendo sua temperatura ótima de crescimento uns 9ºC e ótima de 16º a 18ºC. Além disso, suporta geadas ligeiras e suas raizes não são afetadas até -5ºC. Enquanto as temperaturas superiores aos 28ºC aceleram os processos de envelhecimento da cenoura, provocando a perda da cor.

O melhor exemplar e sua conservação

A cenoura de qualidade são aquelas que possuem a casca suave, de pequeno ou médio tamanho, uniforme, de cor alaranjada viva, sem raizes laterais. Se compradas com folhas, deverão ser frescas e de cor verde brilhante.

A melhor forma de guardar as cenouras são com suas folhas cortadas para não perder seu valor nutritivo da raiz. Devem ser conservadas em refrigeração em recipiente de plástico perfurado, podendo durar inclusive dois meses (se for uma cenoura de qualidade).

Características nutritivas

A cenoura é uma hortaliça com um valor energético relativamente baixo, que possui aproximadamente 45 kcal/100g. Possui um conteúdo em hidratos de carbono muito destacado, atingindo até 8%, enquanto tem pouca gordura entre (0,2%) e proteínas (1%).

Minerais: do seu teor mineral destacaremos o potássio, encontrando em sua maior proporção, embora a cenoura é uma das hortaliças com maior conteúdo em potássio. Além disso, podemos dizer outos minerais encontrados em quantidades importantes, quando tanto como o potássio e que são vitais para o correto funcionamento do organismo: magnésio, ferro, cálcio e fósforo. E em pequenas proporções o sódio e o zinco.

Vitaminas: em quanto ao fornecimento de vitaminas, falaremos especialmente na importância da quantidade de vitamina A (na sua forma de provitamina ou caroteno) que contém as cenouras, são apresentadas como a maior hortaliça com vitamina A. Por outro lado, também encontramos quantidades destacáveis de vitaminas B1, B2, niacina, B6 e ácido fólico, e vitaminas E e C.

Em que nos pode ajudar?

A cenoura é um alimento com uma longa tradição como planta medicinal. São diversos seus efeitos benéficos atribuídos a esta hortaliça, entre os que podemos destacar:

  • Visão: devido ao seu elevado teor em betacarotenos, que em nosso organismo se transformam em vitamina A, a cenora é utilizada naquelas patologias onde há uma perda de visão, especialmente na visão noturna.
  • Estado das mucosas: também pelo seu elevado teor em betacaroteno, a cenoura favorece o estado da pele e das mucosas.
  • Anti-cancerígeno: devido ao seu elevador conteúdo em substâncias vitamínicas, a cenoura é um dos alimentos com maior ação anti-cancerígeno.
  • Antiácido: contêm certas substâncias de ação alcalinizante, resultando ter uma ação antiácido, e pode ser utilizada também no combate a gastrite.
  • Melhora o trânsito intestinal: contém aproximadamente um 3% de fibras, pelo que a cenoura terá um efeito regulador do trânsito intestinal.

E se abusamos do uso?

De momento, não é conhecido efeitos tóxicos derivados do consumo excessivo da cenoura. Ainda assim, não devemos esquecer qeu tudo deverá ser utilizado com certa medida, e que uma dieta equilibrada não é a que fornece todos e cada um dos nutrientes, senão que deverá ser variada em quanto aos alimentos que formem parte dela.

E que mais?

A cenoura é um dos alimentos mais utilizados a séculos, tanto pelas suas propriedades como pelo seus efeitos benéficos relacionados. É o alimento com o maior fornecimento de vitamina A, pelo que será especialmente benéfico a nível ocular.